Google

 

Voltar à página inicial
 

 

BUDDY HOLLY (1936/1959)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Conheça também:
The Official Community of Buddy Holly
 

 

 

Charles Hardin Holley (7 de Setembro, 1936–3 de Fevereiro, 1959), mais conhecido como Buddy Holly, era cantor, compositor e foi um dos precursores do Rock'n Roll.
Holly nasceu em Lubbock, Texas (EUA). Os Holleys eram uma família de músicos e cedo Buddy aprendeu a tocar violino, piano e guitarra. Ainda adolescente já tocava como profissional num duo de música country. Sua grande oportunidade surgiu quando fez a abertura de um show de Bill Haley and The Comets (14/10/1955). Assinou contrato pela "Decca Records" para uma gravação solo, e de volta a Lubbock, formou sua própria banda, The Crickets, e começou a gravar discos no estúdio de Norman Petty em Clovis, Novo México. Entre as músicas que gravou encontrava-se "That'll Be The Day", que foi buscar o título em uma frase que John Wayne repetia ao longo do filme "The Searchers". A música de Holly era sofisticada para sua época, incluindo o uso de novos instrumentos (para o Rock'n Roll). Holly era um bom guitarrista rítmico, notável em músicas como "Peggy Sue" e "Not Fade Away". Holly podia fazer músicas do tipo garoto-ama-garota como o melhor de seus contemporâneos, mas também outras músicas com letras mais sofisticadas, harmonias e melodias muito bem trabalhadas e complexas, que nunca haviam sido mostradas no gênero.
Holly também conseguiu controlar algumas das "guerras" raciais que pontuavam o Rock, conseguiu ganhar uma platéia quase toda de negros quando acidentalmente tocou no Teatro Apollo em Nova York (Diferente do que aparece no filme de sua biografia, levou muitas performances para a audiência se convencer de seu talento).
Depois de muitas músicas de sucesso, em Março de 1958 ele e os Crickets fizeram uma turnê pela Inglaterra, na platéia tinha dois adolescente que futuramente entrariam para a história do Rock: Paul McCartney, que cita Holly como uma de suas principais influências, e o outro, Mick Jagger que também recebeu forte influência musical de Holly, tanto que um dos primeiros sucessos de sua banda, a "Rolling Stones", foi uma versão de "Not Fade Away".
O estilo pessoal de Holly, mais controlado e cerebral que Elvis Presley e mais jovial e inovador que os astros country de sua época, teve uma influência na cultura jovem nos dois lados do Atlântico por décadas, refletindo particularmente na música de artistas como Elvis Costello, Eric Clapton e Marshall Crenshaw, e também em bandas anteriores, como The Byrds e The Turtles.
Ele se casou com Maria Elena Santiago em 15 de Agosto de 1958.
Em 1959, Holly saiu dos Crickets e começou uma carreira solo, se apresentando com outros artistas famosos.
Depois de uma performance no dia 2 de Fevereiro no Surf Ballroom em Clear Lake , Iowa, voando num pequeno avião Beechcraft Bonanza (4 lugares) ao lado de Ritchie Valens e J.P. Richardson, este entrou em uma tempestade de neve cega e bateu num milharal por volta da 1:05h da manha. A batida matou Holly, Valens, Richardson e o piloto Roger Peterson.
Buddy morreu com pouco mais de 22 anos de idade e sua esposa estava grávida de seu primeiro filho.
Esse acidente inspirou o cantor Don McLean a criar uma música de 1971, "American Pie", que imortalizou o dia 3 de Fevereiro como o dia que o Rock morreu.
Buddy Holly é considerado um dos fundadores do Rock'n'Roll e um de seus músicos mais influentes. Embora sua carreira tenha terminado tão cedo, o trabalho deixado por ele é considerado um dos melhores da história do rock e sua música influenciaria não apenas seus contemporâneos mas também futuras gerações que o Rock’n Roll formaria
O enredo dramático da vida de Holly inspirou o filme "The Buddy Holly Story", com o ator Gary Busey (https://www.youtube.com/watch?v=t95AxJl4x4A).

 

Veja vídeos de 1957!! "Oh Boy" e "Peggy Sue".


  
The Buddy Holly CollectionThe "Chirping" Crickets

Página inserida em 16/04/2007 

 
Voltar ao topo da página
 


Voltar à página principal